07/10/2020 Atualidades

O que são fake news? Isso pode cair na sua prova

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
O que são fake news? Isso pode cair na sua prova

Com o avanço da tecnologia a comunicação ficou muito mais fácil. Hoje em dia, é possível acompanhar o que acontece em qualquer lugar do mundo em tempo real. Os jornais e revistas deixaram de ser os únicos a divulgar informações, depoimentos, entrevistas e bastidores, pois as pessoas podem fazer isso por meio de seus dispositivos eletrônicos. 

É um avanço e tanto! Ao mesmo, junto com as maravilhas da informação instantânea, existem as fake news, que são informações falsas. Como os usuários da internet não estão acostumados a checar a veracidade da informação, acabam compartilhando a mentira, e ela se torna cada vez mais abundante no mundo virtual, enganado uma série de pessoas.

Quem vai prestar Enem e vestibular precisa ficar atento a esse problema por dois motivos. O primeiro é que você pode ser enganado por alguma dessas informações e, por isso, errar questões na sua prova, ou pior, defender um argumento ou compartilhar uma informação errada na sua redação. O segundo motivo é que se trata de um tema muito atual e relevante, e pode acabar caindo na sua prova.

Quer saber mais sobre o que são fake news e a importância de saber sobre elas para se dar bem nos exames? Continue a leitura e confira!

O que são fake news?

Entendemos por fake news informações falsas divulgadas na internet por muitas vezes sensacionalistas e disfarçadas de notícias. Elas costumam viralizar e atingir um número enorme de pessoas, que confiam no fato e compartilham em seus grupos de WhatsApp e mídias sociais.

Essa prática tornou-se muito comum em todo o mundo, inclusive no Brasil. Em 2018, somente no período entre janeiro e março, os brasileiros acessaram cerca de 2,9 milhões de fake news, a maioria distribuída pelo WhatsApp, conforme indica a pesquisa da PSafe. 

Não é de agora que as pessoas compartilham informações falsas. No entanto, com a popularização da internet e o domínio das redes sociais, ficou muito mais fácil disseminar uma notícia, seja mentirosa ou verídica. Em geral, esse tipo de prática começa com o objetivo de difamar alguém, provocar discussões ou causar problemas em determinados assuntos. Conforme as pessoas acreditam no que recebem, elas compartilham em seus grupos e a informação perde o controle.

Como ela pode cair na prova?

Faz tempo que as fake news têm dominado as manchetes dos jornais. O termo se popularizou no ano em que Donald Trump realizava sua campanha eleitoral para a presidência dos Estados Unidos. Constantemente ele se referia às notícias negativas sobre ele chamando-as de fake news, ou seja, notícias falsas. 

Esse foi um dos motivos para, em 2017, ter um aumento de 365% no uso do termo fake news. Inclusive, essa foi eleita a palavra do ano pelo dicionário em inglês da editora britânica Collins.

As eleições presidenciais de 2018 no Brasil também tiveram espaço para mentiras viralizadas na internet. Conforme a disputa entre os presidenciáveis ficava mais acirrada, uma série de fake news surgiram nos grupos de WhatsApp e nas redes sociais com o intuito de angariar votos. 

Cenários como esses que refletem momentos históricos e discussões sociais costumam ser lembrados no Enem e em diversos vestibulares. Inclusive, o tema da redação do Enem de 2018 foi “Manipulação do comportamento do usuário pelo controle de dados na internet”, um assunto que pode facilmente abordar as notícias falsas espalhadas pelo universo online. 

O perigo das fake news no Enem e no vestibular

Outra maneira das fake news prejudicarem o seu desempenho é se você acreditar em alguma das informações falsas e usá-las em sua redação como um fato ou uma argumentação. Ou então, se você responder alguma questão com base nas inverdades em que acreditou. Por isso, é muito importante discernir o que são fatos reais e o que são notícias falsas. 

Como identificar as fake news?

Mesmo sabendo que precisamos tomar cuidado com as informações que recebemos pela internet, nem sempre é fácil identificar quando elas não são verdadeiras. Uma das maneiras de fazer isso é, sempre que você desconfiar, verificar a procedência da notícia e buscar materiais que comprovem que ela é verídica. Só depois você pode repassar a informação, tendo a certeza de que não está sendo um propagador de fake news

Se você descobrir que a informação é falsa, denuncie o post, deixe claro no grupo que é mentira e em hipótese alguma compartilhe. Fazendo isso, você alerta outras pessoas que podem estar acreditando na notícia falsa e repassando para seus amigos e familiares. Sempre que precisar encontrar uma informação importante, busque canais oficiais para garantir que não será enganado.

Agora você já sabe o que são fake news, como elas podem cair no Enem e no vestibular e como se proteger. Quer mais dicas para se dar bem nas provas? Acesse o Blog do Hexag Medicina e confira nossos artigos!

Retornar ao Blog