02/03/2021 Biologia

O que é toxoplasmose?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
O que é toxoplasmose?

Você sabe o que é toxoplasmose e como essa doença se manifesta? Trata-se de uma infecção que é causada pelo parasita Toxoplasma gondii, que pode ser encontrado em carnes mal cozidas, fezes de gatos, água contaminada, entre outros locais. A toxoplasmose pode causar má formação fetal e até levar à morte.

Siga a leitura para conhecer melhor a doença, as formas de infecção e os cuidados a serem tomados para evitá-la.

Entenda o que é toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença que acomete pessoas em todo o mundo e pode ser congênita ou adquirida. Se, durante a gestação, a mãe é infectada, o bebê tem grandes chances de nascer com a doença, por isso pode ser congênita. Já a aquisição pode ocorrer através da ingestão de água, objetos e alimentos contaminados, além de fezes de gatos infectados.

Os gatos são os únicos hospedeiros definitivos de toxoplasmose, o ser humano e outros animais são considerados apenas intermediários. Além disso, a doença não pode ser passada de pessoa para pessoa, apenas no caso já explicado da mãe para o bebê durante a gestação. Qualquer pessoa pode ser contaminada se não tomar os cuidados preventivos.

Como a toxoplasmose é transmitida?

Veja quais são as maneiras com as quais uma pessoa pode ser infectada pela toxoplasmose.

  • Ingestão de carnes cruas ou mal passadas;
  • Ingestão de água contaminada;
  • Através de transfusão de sangue ou transplante de órgãos (um tipo de causa bastante raro);
  • Alimentos mal higienizados contaminados com fezes de animais;
  • Fezes de gatos;
  • Da mãe contaminada para o bebê através da placenta.

Com exceção dos casos em que a mãe transmite para o bebê, o indivíduo precisa ingerir o parasita para ser infectado. Por isso, gestantes não precisam se desfazer do seu animal de estimação caso tenham um felino em casa, basta tomar alguns cuidados. Falaremos mais adiante sobre isso de forma mais detalhada.

Sintomas da toxoplasmose

Grande parte das pessoas infectadas com toxoplasmose não apresenta sintomas, ou seja, são assintomáticas. A pequena parcela que desenvolve os sinais da doença pode apresentar:

  • Febre;
  • Dor de cabeça;
  • Inchaço nos gânglios linfáticos, com destaque para o pescoço;
  • Dores musculares;
  • Dificuldades motoras;
  • Dor de garganta;
  • Problemas para enxergar;
  • Aumento do fígado e do baço;
  • Convulsões;
  • Confusão mental.

Formas de prevenir a toxoplasmose

A toxoplasmose é uma doença que está totalmente ligada aos hábitos de higiene. Por isso, é muito importante adotar certos cuidados a fim de evitar a infecção, observe:

  • Higienizar muito bem os alimentos antes de ingeri-los;
  • Evitar comer carnes cruas sem conhecer a procedência (no caso das gestantes, os médicos costumam desaconselhar o consumo de alimentos crus);
  • Limpar bem a caixa de areia em que o gato faz suas necessidades, mantendo uma rotina de higiene;
  • Evitar a ingestão de queijos preparados com leite sem passar pelo processo de pasteurização;
  • Lavar muito bem as mãos após manusear carne, vegetais, ter limpado a caixa de área do gato ou realizado atividades de jardinagem;
  • Higienizar utensílios culinários muito bem após o uso;

Caso tenha um gato como animal de estimação, evite deixá-lo sair para a rua e leve-o ao veterinário regularmente.

Gestantes que tenham felinos de estimação devem solicitar que outras pessoas higienizem a caixa de areia e, caso não seja possível, usar luvas para realizar o procedimento. Vale mencionar que apenas 1% dos gatos possuem a doença, podendo transmiti-la apenas uma vez na vida.

Além disso, eles se contaminam ao ingerir outros animais infectados, como pássaros e ratos. Dessa maneira, se você tem um gato e ele não sai para a rua, as chances de que tenha toxoplasmose são mínimas. De qualquer forma, vale a pena manter os hábitos de higiene, especialmente se houver uma gestante em casa.

Complicações que a toxoplasmose pode gerar

Como já mencionado, a toxoplasmose é uma doença grave e que pode levar até à morte. Os órgãos mais comprometidos costumam ser: olhos, cérebro, coração e pulmões. Algumas das principais complicações são:

  • Cegueira;
  • Surdez;
  • Convulsões recorrentes;
  • Atraso no desenvolvimento;
  • Abortamento do feto, no caso das gestantes.

Tratamento da toxoplasmose

O tratamento da toxoplasmose depende se o paciente apresenta ou não sintomas. No caso dos assintomáticos, se não houver nenhum tipo de problema ligado à imunidade, costuma ser dispensada qualquer tipo de terapia. Já para aqueles que apresentam sintomas, gestantes e pessoas que possuem doenças preexistentes ligadas à imunidade, como a AIDS, os médicos costumam indicar uma combinação de medicamentos.

De qualquer maneira, ao começar a apresentar sintomas ou suspeitar que foi infectado, é fundamental procurar ajuda médica imediatamente. Apenas um profissional pode determinar o diagnóstico e definir qual será o caminho seguido.

As melhores estratégias para prevenir a toxoplasmose são os bons hábitos de higiene e a informação. Compartilhe este artigo em suas redes sociais e leve essas informações para mais pessoas.

Para conferir mais conteúdo de saúde e biologia, além de dicas para se sair bem no Enem e no vestibular, fique ligado no blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog