01/10/2020 Dicas para o vestibulando

Músicas clássicas para estudar – Por que elas ajudam?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Músicas clássicas para estudar – Por que elas ajudam?

É muito comum receber a orientação de que um ambiente de estudos adequado deve ser calmo e, principalmente, silencioso. No entanto, muitos estudantes têm a mania de ouvir músicas clássicas para estudar. Será que essa prática realmente ajuda ou pode atrapalhar a eficiência dos seus estudos? 
 
Em alguns casos, ouvir música clássica pode ajudar sim. Neste artigo, vamos explicar o porquê e dar dicas de como usar essa ferramenta para ter mais qualidade nos seus estudos diários. Continue a leitura e confira!

Ajuda a abafar ruídos externos

Hoje em dia, é praticamente impossível ficar em silência absoluto, principalmente quem mora nos centros urbanos e está cercado de barulhos de veículos e comércios. Tem ainda quem não consegue ficar completamente sozinho na hora dos estudos e acaba ouvindo conversas que prejudicam a concentração. 
 
Nestes casos, colocar uma música clássica pode ajudar a bloquear barulhos externos e manter o seu cérebro focado apenas na tarefa de estudar. Também ajuda a relaxar e diminuir a ansiedade causada pela tensão de se preparar para o Enem e os vestibulares. 

Estimula a concentração e a memorização

Além de diminuir os ruídos externos, uma pesquisa da organização britânica Mindlab concluiu que a música clássica estimula a memorização e a assimilação do conteúdo quando é ouvida pelo aluno enquanto ele estuda. Outra pesquisa sobre o assunto, realizado pela Universidade de Caen, na França, mostrou que estudar matemática ouvindo música clássica ajuda a aumentar a concentração em cerca de 12% comparado a alunos que não escutam esse tipo de música durante os estudos. 
 
As músicas clássicas barrocas, de compositores como  Bach, Handel, Vivaldi, Mozart e Beethoven, são as mais indicadas para manter o ritmo de estudos por mais tempo e reter melhor as informações aprendidas.

Sugestões de músicas para ouvir enquanto estuda

Quer fazer o teste da música clássica, mas não sabe por onde começar? Separamos algumas opções para você escutar enquanto estuda e verificar se com você acontece de melhorar a concentração e a memorização. Você pode fazer uma playlist em uma plataforma de streaming, como Spotify e Deezer, e ouvir do seu celular. Confira as sugestões!
 
– Beethoven, o Concerto para Violino e Orquestra em D Major, Op 61
 
– Tchaikovsky, o Concerto No. 1 em B bemol menor para Piano e Orquestra
 
– Mozart, Concerto para Violino e Orquestra, Concerto No. 7 in D major
 
– Haydn, Sinfonia Nº 67 em Fá Maior; Symphony No.69 em B. Maior
 
– Beethoven, Concerto No. 5 em Mi bemol maior para piano e orquestra, Op. 73 (“Imperador”)
 
– Corelli, Concerti Grossi, Op. 6, N ° 2, 8, 5, 9.
 
– Handel, The Water Music.
 
– JS Bach, Fantasia em Sol maior, Fantasia in C Minor e Trio in D minor; – As variações canônicas e Toccata.
 
– Corelli, Concerti Grossi, Op. 4, N ° 10, 11, 12
 
– Vivaldi, Cinco Concertos para Flauta e Orquestra de Câmara.

Outros gêneros musicais

Não é necessário ser um grande admirador da música clássica para escutar enquanto estuda. No entanto, se você realmente não gosta desse gênero musical, pode ser que esse tipo de som prejudique os seus estudos.
 
Uma pequisa realizada por Jun Jiang e outros estudiosos em 2013 (The effects of sedative and stimulative music on stress reduction depend on music preference) separou em quatro grupos alunos que precisavam estudar para uma prova importante: um ouviria músicas relaxantes de seu gosto; o segundo ouviria músicas estimulantes de seu gosto; o terceiro, músicas relaxantes que não fossem de seu gosto; o último grupo ficaria com músicas estimulantes que não fossem de seu gosto.
 
Ao final, descobriram que o nível de estresse e ansiedade diminuía quando o aluno apreciava a música, fosse relaxante ou estimulante. Já os estudantes que ouviram uma música que não gostavam, não tinham o estresse diminuído. O resultado mostra que o gênero não importa quando o objetivo é diminuir a tensão, o que vai fazer a diferença é ouvir uma música que você goste.

Dicas para estudar ouvindo música

Se você é do grupo que gosta de estudar ouvindo música, aqui vão algumas dicas para aproveitar esse momento da melhor maneira possível.

Prefira músicas instrumentais

Sempre que você colocar uma música cantada, principalmente conhecida, o seu cérebro vai querer acompanhá-la, prestar atenção na letra e até mesmo cantar. Isso significa que ela não vai ajudar nem um pouco na sua concentração nos estudos. Pelo contrário, vai confundir o seu cérebro e ficará difícil manter o foco. Por isso, o ideal é escolher músicas instrumentais. 

Cuidado com o volume

Se você é daqueles que curte um som no último volume, a dica aqui é ter moderação. Não só pela saúde dos seus ouvidos, mas também para não deixar a música mais alta que os seus pensamentos e o seu estudo. O ideal é manter um volume que seja quase um som ambiente. 
 
Agora você já sabe quais são as músicas clássicas para estudar e porque elas fazem a diferença na concentração. Quer mais conteúdos para o Enem e o vestibular? Acesse o Blog do Hexag Medicina e confira nossos artigos!

Retornar ao Blog