20/01/2021 ENEM

Especial ENEM 2020 – Tenha uma boa alimentação e se vista adequadamente para o segundo dia de provas

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Especial ENEM 2020 – Tenha uma boa alimentação e se vista adequadamente para o segundo dia de provas

O primeiro dia de provas do Enem 2020 já passou e agora é o momento de se preparar para a segunda etapa, que é dedicada às questões de Matemática e Ciências da Natureza. Além da preparação em relação ao conteúdo, existem outros pontos a serem considerados e que podem impactar o desempenho dos candidatos, como a alimentação antes do exame e as roupas usadas, que devem ser confortáveis.

Continue a leitura para conferir dicas de como se preparar para usar as horas de prova de forma produtiva e com conforto. Afinal de contas, corpo e mente estão totalmente conectados e quanto melhor estiver se sentindo, mais poderá se dedicar para responder cada uma das questões. Vamos lá?

A importância do bem-estar para um bom desempenho no Enem

Você estudou e se dedicou ao longo de todo o ano para se sair bem no Enem e conquistar a sua vaga na universidade. Para coroar todos esses meses de dedicação com um bom desempenho na prova é importante que, no dia, esteja se sentindo bem. Um mal-estar ou um incômodo gerado por roupas apertadas ou muito quentes pode desviar sua atenção e comprometer o foco para resolver as questões.

É preciso também considerar que se trata de um dia de grande importância para os estudantes, por isso, é natural que alguns se sintam ansiosos, o que também pode resultar em certos tipos de incômodos. Então, como forma de aliviar a ansiedade e evitar sensações de mal-estar, é preciso tomar certos cuidados a partir do dia anterior ao exame.

Dicas de alimentação para quem vai fazer o Enem

Os alimentos são o combustível que o nosso corpo precisa para se manter em pleno funcionamento. Passar cerca de cinco horas sentado e concentrado para fazer a prova é algo que exige muito do corpo e da mente. Sendo assim, é fundamental se alimentar pensando nessa verdadeira maratona que terá que enfrentar para alcançar o melhor resultado possível.

Veja, a seguir, dicas de alimentação que começam desde o dia anterior e vão até o momento da prova.

Noite anterior

Os cuidados com a alimentação devem começar no jantar do sábado que antecede o segundo dia do Enem. Como a ideia é deitar-se mais cedo para estar bem descansado no horário da prova, é preciso adiantar a última refeição do dia, que precisa acontecer pelo menos três horas antes de dormir.

Além de optar por alimentos mais leves, é interessante incluir opções ricas em nutrientes que melhoram o desempenho intelectual, como é o caso de: brócolis, cenoura, couve e feijão. Arroz, feijão, legumes e um tipo de carne magra formam uma composição bastante interessante. Os vegetarianos podem apenas retirar a carne, pois o restante dos ingredientes já será o suficiente.

Evite alimentos gordurosos, como certos tipos de carnes e queijos. Tome cuidado especialmente se tiver alguma sensibilidade ou intolerância alimentar.

Café da manhã no dia da prova

Ao acordar no dia da prova, dê preferência para frutas e pães integrais. Caso tenha o hábito de tomar café preto, tudo bem, mas evite o excesso. Se não tem esse costume, é melhor não tomar, pois pode ter dores de cabeça. Mais uma vez, é importante evitar alimentos gordurosos ou ricos em açúcar, como pães doces, por exemplo.

Almoço

Por conta do horário do fechamento dos portões dos locais da prova, 13h, é provável que o almoço precise ser mais cedo do que o habitual. De qualquer forma, evite pular essa refeição, pois poderá sentir fome durante a prova. Siga a mesma linha do jantar da noite anterior, dando preferência para algo leve e nutritivo.

Lanche durante a prova

O segundo dia de prova do Enem 2020 tem duração de cinco horas e é natural sentir fome nesse período. Sendo assim, é permitido e aconselhado que os candidatos levem lanches. Frutas, sanduíches leves, barras de cereais e oleaginosas estão entre as melhores opções.

O que vestir no Enem?

Outro aspecto importante a considerar para desfrutar da melhor maneira das horas de prova é o vestuário. O Enem tem como regra a proibição do uso de chapéus, bonés e óculos escuros. Caso precise desses itens para chegar até o local da prova e se proteger do sol, tudo bem, mas ao entrar na sala eles serão lacrados e entregues ao final.

Em se tratando das roupas, é necessário respeitar o clima da sua cidade. Como janeiro é marcado pelo calor intenso na maior parte do Brasil, o melhor a fazer é optar por peças leves e frescas que fiquem mais soltas. Vale lembrar que o Enem não proíbe o uso de peças como bermudas, regatas e chinelos. Se possível, dê preferência para tecidos naturais, como o algodão, que permitem que o corpo “respire”.

Seguindo essas dicas você irá se sentir bem ao longo da prova e poderá se dedicar ao máximo às questões. Para conferir mais conteúdos relacionados ao Enem, fique ligado no Blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog