12/01/2021 Geografia

Um contexto geral sobre a América Latina

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Um contexto geral sobre a América Latina

A América Latina é formada por países que têm como idioma oficial línguas neolatinas, como o português, o espanhol e o francês. A nomenclatura desse grupo de nações se refere ao idioma falado nos países e não, necessariamente, a uma questão geográfica.

O continente americano é o segundo maior do planeta. Com extensão territorial de 42 milhões de quilômetros quadrados, fica atrás somente da Ásia, que tem 44,5 milhões de quilômetros quadrados.

Os 35 países que compõem o continente americano são comumente divididos de acordo com sua posição geográfica em: América do Norte, América Central e América do Sul. A divisão em América Latina e América Anglo-Saxônica se baseia tanto em termos linguísticos, como já mencionado, como em fatores históricos e de colonização.

Ao longo do artigo vamos apresentar um contexto sobre a América Latina com informações bastante interessantes. Siga a leitura e confira!

Perfil dos países da América Latina

O continente americano foi colonizado por povos europeus, em especial portugueses, britânicos, espanhóis, franceses e holandeses. Uma das heranças mais evidentes desse processo colonizador é a língua oficial de cada uma dessas nações. A partir dessa questão linguística, surgiu a diferenciação entre os países da América Anglo-Saxônica e da América Latina.

Países que foram colonizados por povos cujo tronco linguístico é o germânico (inglês) são categorizados no grupo da América Anglo-Saxônica. Já aqueles que possuem línguas neolatinas (português, espanhol e francês) são classificados como parte do grupo da América Latina.

No entanto, há exceções, como é o caso de Jamaica, Suriname e Trinidad e Tobago, que são ex-colônias de países com tronco linguístico germânico (inglês e holandês). Eles estão categorizados como latino-americanos em decorrência de características históricas e culturais que se assemelham a países de tronco linguístico neolatino.

Divisão por aspectos geopolíticos e socioeconômicos

Também são considerados nessa categorização aspectos geopolíticos e socioeconômicos. As duas únicas superpotências econômicas do continente americano são os Estados Unidos e o Canadá, de maneira a fortalecer a América Anglo-Saxônica. Os países latino-americanos estão, em sua maioria, em processo de desenvolvimento econômico e possuem inúmeros problemas sociais.

Distribuição dos países latino-americanos pelo continente

É importante que fique claro que países da América Latina estão presentes nas três regiões geográficas que compõem o continente. Para estar nesse grupo, além do idioma neolatino, é necessário ter laços históricos e culturais semelhantes. Entram nessa categoria todos os países da América Central e do Sul, além do México, que fica na América do Norte.

Características da América Latina

Confira abaixo um resumo das principais características da América Latina.

Geografia física

Grande parte dos países latino-americanos está situada na zona intertropical, um fato que condiciona seus climas e vegetações. Em linhas gerais, o relevo se divide em recente e elevado a oeste e em antigo e rebaixado a leste. Na porção oeste há elevadas cordilheiras que são derivadas de dobramentos modernos. Já a leste é possível identificar grandes planícies fluviais, como a do Rio Amazonas.

Características políticas e humanas

Os países que formam a América Latina possuem algumas características de desenvolvimento em comum. Sua industrialização ocorreu tardiamente, há grande subdesenvolvimento, muitos problemas sociais e geralmente instabilidade política. Algo interessante é que os países latino-americanos são lares de inúmeras etnias. Isso é resultado de movimentos demográficos que foram realizados desde a época colonial.

Houve intensa migração forçada de africanos comercializados como escravos para trabalhar em países da América Latina. Também ocorreu a migração de povos europeus em busca de oportunidades de trabalho no período de transição entre os séculos XIX e XX.

Alguns países, como a Bolívia e o Peru, possuem populações com forte descendência ameríndia. Outros países, como o Brasil, Colômbia e Venezuela, possuem forte descendência africana. Na Argentina, Uruguai e Chile há predominância de descendência europeia.

Idiomas

O idioma predominante na América Latina é o espanhol, em seguida vem o português (pelo tamanho da população brasileira) e, por fim, o francês.

Economia

Os países que formam a América Latina, em sua maioria, são considerados subdesenvolvidos economicamente. De maneira geral, essas nações são exportadoras de produtos de origem agrícola e mineral para os países desenvolvidos. O setor de maior destaque na economia é o primário, que emprega grande parte da população.

Extrativismo mineral na América Latina

Muitos países latino-americanos se destacam como os maiores produtores de alguns minerais. Um bom exemplo é o petróleo, que tem grande produção na Venezuela, México e Brasil. Chile e Brasil são, respectivamente, o primeiro e segundo maiores produtores de ferro do mundo.

A Bolívia possui grande produção de estanho. O Brasil é o segundo maior produtor de manganês do globo. A Colômbia se destaca na produção de platina e o México e Peru são grandes produtores de prata.

Agropecuária na América Latina

Uma das principais características da agropecuária latino-americana é a concentração de terras que leva a uma série de conflitos fundiários, em especial em países como Brasil, México e Bolívia.

As populações urbana e rural desses países são alimentadas por agricultura e pecuária tradicional (culturas extensivas que se valem de técnicas primitivas e sem seleção de plantel). Nos casos em que a agropecuária se mostra mecanizada e moderna, geralmente tem relação com capital externo e se destina quase integralmente à exportação.

Indústria da América Latina

Em geral, os países latino-americanos possuem indústrias tradicionais têxteis, alimentícias e de beneficiamento com foco em matérias-primas para exportação. As exceções ficam por conta de Brasil, México e Argentina, que contam com parques industriais de grande expressão e com aplicação de tecnologia de ponta.

Com esse contexto fica bem mais simples responder corretamente questões sobre a América Latina no vestibular e no Enem! Para conferir mais conteúdos informativos, fique ligado no Blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog