26/11/2021 Português

Aprenda a fazer a divisão silábica de forma fácil

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Aprenda a fazer a divisão silábica de forma fácil

A separação das sílabas que formam uma palavra recebe o nome de divisão silábica, embora pareça um tema simples gera algumas dúvidas em muitas pessoas. Geralmente, as dúvidas surgem durante a produção de textos em que se mostra necessário dividir uma palavra que não coube na linha.

Saiba que esse tipo de erro pode ser bastante impactante na nota final da redação do Enem e vestibulares. Para não errar na hora de separar as sílabas das palavras, confira as dicas que listamos a seguir. 

O que é divisão silábica? 

O núcleo da sílaba, na língua portuguesa, é sempre uma vogal, logo, é um elemento obrigatório. Isso significa que não há sílaba sem vogal e que não existe mais de uma vogal numa mesma sílaba. Tendo compreendido isso, chegamos à conclusão de que para saber o número de sílabas de uma palavra devemos contar quantas vogais ela possui.

Fica o adendo de que as vogais “i” e “u” – mais raramente “e” e “o” – podem ser semivogais, isto é, podem estar junto a outras vogais numa palavra. Quando for separar as sílabas, considere que uma sílaba consiste num conjunto pequeno de fonemas, isto é, sons que são emitidos.

Confira a seguir as diferentes classificações silábicas: 

Monossílabas

Consiste em palavras com somente uma sílaba. Dentre os exemplos estão: sol, pai, seu, mãe, trem, flor, baú. 

Dissílabas

Essas são palavras que possuem duas sílabas. Podemos citar como exemplos: fi-lha; ca-as; le-ão; ca-fé; sa-la. 

Trissílabas

Nessas palavras há três sílabas. Dentre os exemplos estão: mo-chi-la, prín-ci-pe, a-ma-nhã; ver-da-de; já-ne-la. 

Polissílabas

Nesse grupo estão as palavras que possuem quatro ou mais sílabas. Confira os exemplos: ne-gli-gên-cia; te-le-vi-são; in-ves-ti-gar; es-pe-ran-ça; in-te-li-gên-cia; ma-te-má-ti-ca. 

Divisão Silábica: conheça as regras

A sílaba nada mais é do que uma parte da palavra que é pronunciada com uma só emissão de voz. Isso significa que cada sílaba se pronuncia separadamente. Confira a seguir as regras para fazer a divisão silábica corretamente. 

Ditongos e tritongos

Uma regra importante de divisão silábica é a de não separar ditongos (encontro de duas vogais numa mesma sílaba) e nem tritongos (encontro de três vogais numa mesma sílaba). 

Exemplos de ditongos: cha-péu; pa-pa-gai-o; lín-gua; noi-te; a-ni-mais. 

Exemplos de tritongos: quais; i-guais; sa-guão; quão; en-xa-guei. 

Hiatos

Hiato é que acontece com a própria palavra “hi-a-to”, trata-se de duas vogais que embora apareçam juntas numa palavra fazem parte de sílabas distintas. 

Exemplos de hiatos: fi-el; ru-im; do-a-ção; vo-ar; di-a; sa-ú-de; ru-í-na. 

Dígrafos

Duas consoantes que têm o mesmo som e aparecem juntas numa palavra consistem nos chamados dígrafos, são exemplos: ss; rr; xc; sc; sç. Os dígrafos devem ser separados. 

Exemplos de dígrafos: pes-so-a; pás-sa-ro; pis-ci-na; mas-mor-ra; ex-ce-ção; nas-ci-men-to; car-ro; cres-ça; ex-ce-lên-cia; nas-ço; ex-su-dar e ex-sur-gir. 

Contudo, fique atento que os dígrafos lh, gu, nh, ch, qu não devem ser separados. 

Exemplos de dígrafos que não se separam: ma-nhã; chu-va; a-gu-lha; guer-ra; quar-to. 

Consoante + consoante

De acordo com as regras de divisão silábica, se deve manter a consoante na sílaba anterior que não estiver seguida de uma vogal. 

Exemplos: per-cur-sor; cap-tar; ad-vo-ga-do; dig-no, sub-li-nhar. 

Prefixos des-, in-, sub-

Se houver uma vogal em seguida é necessário separar os prefixos des-, sub- e in- normalmente. 

Exemplos: su-ben-ten-der; i-na-ti-vo; de-si-gual. 

Palavras com hífen

Ao separar palavras escritas com hífen é necessário usar dois traços para indicar o local em que o hífen está inserido. Um traço deve ser no fim da linha e o outro no começo da linha seguinte.

Imagine que você deseja escrever a palavra “mal-educado” e ela não cabe na linha. A forma correta é separá-la onde há o hífen e antes da palavra “educado”, na linha seguinte, inserir um traço, assim:

mal-

-educado. 

Se não for grafado esse traço antes de “educado”, pode parecer que você considera correta a palavra “maleducado”, ou seja, que escreveria dessa maneira se houvesse espaço. 

Translineação das palavras: o que é?

A translineação consiste em adicionar o hífen no final da linha, de forma a dividir as sílabas que sobraram, as que irão para a linha seguinte. Porém, nem sempre a translineação respeita regras de separação silábica. Confira a seguir algumas regras: 

Vogal sozinha

Essa regra estabelece que não se pode deixar uma vogal sozinha, seja no começo ou no final da palavra. Tomaremos por exemplo a palavra “ideia”. 

A divisão silábica dessa palavra fica assim: i-dei-a.

Porém, como não podemos dizer uma vogal sozinha na translineação é mais indicado colocar a palavra na próxima linha.

Outro exemplo é a palavra “atlântico”.

Na divisão silábica fica da seguinte maneira: a-tlân-ti-co.

Já de acordo com a translineação pode ser feita a divisão por linhas da seguinte forma:

atlân-

tico.

ou

Atlânti-

Hífen

As palavras com hífen devem ter sua divisão coincidindo com o local em que está o hífen das mesmas. Confira os exemplos:

 

pós-

-graduação.

 

pré-

-história.

 

vice-

-versa. 

 

Agora você já sabe como fazer a divisão silábica de forma fácil! Navegue pelo blog do Hexag Medicina para conferir mais conteúdos de língua portuguesa e outras disciplinas!

Retornar ao Blog