10/11/2020 Português

Erros de pontuação que os alunos mais cometem

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Erros de pontuação que os alunos mais cometem

Para escrever uma boa redação é preciso se atentar a vários detalhes, como ser fiel ao tema proposto, manter a coerência e a coesão. Dentro desse último quesito, que representa a conexão linguística que organiza as ideias, é importante evitar os erros de pontuação, pois eles podem prejudicar o entendimento do leitor e, consequentemente, o desempenho do candidato na prova.
 
Ao longo deste artigo, iremos falar a respeito dos erros de pontuação que os alunos mais cometem. Assim, poderá identificar se também tem essas dificuldades ao escrever e evitá-las em suas redações. Vamos lá?

A importância da pontuação

Os sinais de pontuação são indispensáveis para que um texto consiga passar sua mensagem com clareza. Sem a vírgula, o ponto e vírgula, o ponto final, de exclamação, de interrogação, os dois pontos, as aspas, o travessão e os parênteses, as palavras se tornam confusas, muitas vezes perdendo o seu sentido.
 
Observe o exemplo:
 
Um homem possuía uma grande herança, ao morrer, deixou um bilhete contando como deveriam ser distribuídos os seus bens. O problema é que a mensagem não tinha qualquer pontuação, dando margem a várias interpretações, veja: “Deixo meus bens à minha prima não a meu primo jamais será paga a conta do mecânico nada aos pobres.”.
 
Existem várias possibilidades para pontuar essa frase, veja:

  • Deixo meus bens à minha prima? Não! A meu primo. Jamais será paga a conta do mecânico. Nada aos pobres.
  • Deixo meus bens à minha prima. Não a meu primo. Jamais será paga a conta do mecânico. Nada aos pobres.
  • Deixo meus bens à minha prima? Não! A meu primo? Jamais! Será paga a conta do mecânico. Nada aos pobres.
  • Deixo meus bens à minha prima? Não! A meu primo? Jamais! Será paga a conta do mecânico? Nada! Aos pobres (dando a ideia de que tudo deveria ser distribuído aos pobres)”.

Essa é uma forma divertida de mostrar o quanto a pontuação é necessária para complementar e direcionar a mensagem passada através das palavras.

Principais erros de pontuação cometidos em redações

Agora que já falamos sobre o quanto a pontuação é importante, veja exemplos comuns de erros de pontuação para evitar repeti-los em seus textos.

Vírgula

A vírgula é um sinal de pontuação que costuma gerar bastante dúvida nas pessoas. Veja quais são os erros mais comuns.

Esquecer a vírgula após o vocativo

Erro: Marina você aceita a minha companhia para ir ao cinema?
 
Forma correta: Marina, você aceita a minha companhia para ir ao cinema?

Separar sujeito e predicado

Erro: Cláudia e Fernando, foram ao restaurante no sábado.
 
Forma correta: Cláudia e Fernando foram ao restaurante no sábado.

Esquecer a vírgula para isolar aposto explicativo

Erro: Fausto Silva famoso apresentador da Rede Globo viajou de férias com sua família.
 
Forma correta: Fausto Silva, famoso apresentador da Rede Globo, viajou de férias com sua família.

Esquecer a vírgula para isolar um adjunto adverbial longo

Erro: Em meio a tantos comentários negativos e à torcida contrária o time conseguiu se tornar campeão.
 
Forma correta: Em meio a tantos comentários negativos e à torcida contrária, o time conseguiu se tornar campeão.

Ponto e vírgula

O ponto e vírgula é um sinal que muitas pessoas usam de forma indiscriminada, ignorando suas verdadeiras funções, que são separar orações dentro de uma mesma frase, evitar a repetição de verbos e enumerar tópicos.
 
Erro: Cláudia; Fernanda; Paula e Flávia foram juntas ao clube.
 
Forma correta: Cláudia, Fernanda, Paula e Flávia foram juntas ao clube.
 
No exemplo apresentado apenas a vírgula basta, o ponto e vírgula deve ser usado somente quando os itens são apresentados na forma de lista.
 
A diferença entre o ponto e vírgula e a vírgula é que o primeiro deve ser usado para intervalos maiores, como no caso de uma lista.

Ponto de exclamação

Sinal que representa surpresa, admiração, alegria, espanto, ou seja, sentimentos fortes em que é necessário dar ênfase à frase. Observe um exemplo de uso inadequado do ponto de exclamação.
 
Erro: Estou bem e você!
 
Forma correta: Estou bem, e você?
 
É importante lembrar que a interrogação é fundamental quando se faz uma pergunta, mesmo que haja a intenção de passar a ideia de empolgação. No caso do exemplo, outra opção seria escrever: Estou bem! E você?

Aspas

As aspas são utilizadas para fazer citações diretas, ou seja, escrever uma frase de outra pessoa exatamente como ela disse, expressar ironia, destacar expressões populares, estrangeirismos ou nomes de obras. Veja um exemplo de como não usar as aspas.
 
Erro: Sempre me dediquei ao trabalho e sei que sou um “ótimo profissional”.
 
Forma correta: Sempre me dediquei ao trabalho e sei que sou um ótimo profissional.
 
O exemplo apenas estaria correto se a pessoa tivesse a intenção de se autodepreciar. As aspas não devem ser usadas para destacar palavras aleatórias, apenas nos casos citados no início do tópico, pois podem passar uma ideia de ironia.

Travessão

Por fim, outro sinal de pontuação que costuma gerar dúvidas é o travessão. Ele é usado para iniciar frases de discurso direto e substituir os parênteses ou as vírgulas para incluir uma explicação. Observe uma situação em que o travessão foi usado de forma errada.
 
Erro: – Juliana perguntou se Rodrigo iria com ela ao baile.
 
Forma correta: – Você irá comigo ao baile? – perguntou Juliana a Rodrigo.
 
Como mencionado, o travessão deve ser usado apenas em casos de discurso direto e explicação. No exemplo de forma errada de uso temos um discurso indireto.
 
Além dos erros de pontuação que citamos, é importante manter atenção em relação ao uso do ponto final, da interrogação, dos dois pontos e dos parênteses. Assim, poderá escrever um texto coeso e de fácil entendimento.
 
Para conferir mais dicas relacionadas ao Enem e vestibulares, visite outros artigos do Blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog