31/08/2021 Português

O que é um texto injuntivo?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
O que é um texto injuntivo?

Certamente você já teve contato com o texto injuntivo em sua vida, mas pode não saber não disso. Ao ler uma bula de remédio ou conferir uma receita de bolo na internet, está diante de textos injuntivos, que também podem ser chamados de textos instrucionais.

Basicamente, se trata de um texto que objetiva instruir o leitor a realizar uma atividade ou agir em uma determinada situação. A partir dele, tornar-se possível compreender como um determinado sistema funciona, por exemplo. Trata-se de um tipo de texto com objetivos próprios e com características bastante peculiares.

Entenda o que é um texto injuntivo

Os textos injuntivos são também chamados de instrucionais pelo fato de objetivarem instruir, informar, aconselhar, ajudar e recomendar ações para os leitores. Neles, o leitor tem acesso a um passo a passo de como agir, além de ser aconselhado sobre como proceder em diferentes situações decorrentes de seguir as instruções.

Para que seja plenamente instrutivo, esse tipo de conteúdo se vale da ordem, conselhos e exigência. É exatamente por isso que geralmente é um texto escrito com o tempo verbal imperativo. Assim, é mais fácil que o leitor compreenda que deve seguir à risca o que está sendo proposto.

Texto injuntivo é diferente de texto prescritivo

É comum que se estabeleça uma relação entre o texto injuntivo e o texto prescritivo. No entanto, é essencial esclarecer que não existe um consenso entre os linguistas a respeito do tema. Por isso, são considerados como gêneros distintos.

Apesar de terem características parecidas, têm finalidade distinta. O texto injuntivo é instrucional, enquanto o prescritivo é coercitivo. Alguns exemplos de textos prescritivos são edital de concursos, regras de trânsito e a Constituição.

Características do texto injuntivo

Confira a seguir as principais características do texto injuntivo.

1. Caráter instrucional

Esse tipo de texto trabalha com instruções, já que objetiva levar o leitor a realizar uma determinada ação. As frases guiam os passos a serem seguidos pelo leitor, explicando como ele deve agir.

2. Linguagem simples

O texto injuntivo se vale de uma linguagem simples para tornar o entendimento mais fácil. Não são utilizados floreios ou atribuição de características desnecessárias. O foco está apenas no que é necessário para a compreensão do leitor para realizar a ação que está sendo ensinada.

3. Oferece opções

Os textos instrucionais em geral oferecem opções de ações para o leitor, mas sempre o mantendo dentro do que foi estabelecido. Eles o levam a tomar decisões, permitindo somente algumas escolhas. Mesmo que o leitor não opte pela primeira ação indicada, estará dentro do que as instruções estão sugerindo.

4. Estrutura em tópicos

Geralmente, o texto injuntivo é apresentado na estrutura de tópicos e tem frases curtas. O autor desse tipo de texto deve trabalhar de tal forma a torná-lo mais legível e, assim, permitir que se siga uma sequência de ações plenamente compreendida e assimilada. Como o objetivo é ensinar ou esclarecer algo importante para o leitor, é fundamental que seja utilizada uma linguagem de fácil compreensão.

Confira dicas para um bom texto injuntivo

Embora possa parecer que o texto injuntivo é simples de produzir, devemos alertar para a necessidade de observar alguns pontos durante sua produção. É essencial que o autor tenha atenção e conheça muito bem o tema sobre o qual dará instruções. A seguir apresentaremos dicas pontuais para a produção desse tipo de texto.

1. Atenção aos tempos e modos verbais

Tenha cuidado com os tempos e modos verbais nesse tipo de texto. Essa dica é especialmente válida no caso do uso do imperativo, pois pode haver confusão entre o uso da segunda e terceira pessoas no discurso. Pode ocorrer uma mistura de pessoas, dificultando, assim, a compreensão da leitura do texto.

Para que fique mais claro, daremos um exemplo: imagine que você está lendo uma receita e se depara com a seguinte sequência de instruções: “faça uma mistura homogênea entre os ingredientes. Utiliza o fouet para isso.”. Nesse exemplo, temos o “faça” na terceira pessoa e o “utiliza” na segunda pessoa.

2. Ordem lógica

O texto injuntivo deve ser produzido de acordo com uma ordem lógica, priorizando as ações que precisam ser realizadas antes e as informações mais importantes sobre cada uma delas. Por exemplo, se você irá escrever uma receita de bolo, não pode simplesmente falar sobre o modo de cozimento antes de dizer quais são os ingredientes.

O mesmo vale para instruções de montagem de eletrodomésticos, não adiante pedir que o leitor teste o item sem saber como montá-lo. As instruções precisam ser passadas na ordem certa para que o leitor possa segui-las corretamente.

3. Destaque para avisos importantes

Ao longo das instruções dadas no texto injuntivo, pode ser necessário inserir avisos e dados importantes. Nesses casos, o ideal é inserir tais informações em locais de destaque para que fiquem bem visíveis para o leitor.

Você, provavelmente, já leu uma bula de remédio, nesse tipo de texto há avisos destacados pela palavra atenção. Algo bem importante é que o texto injuntivo alerte o leitor se, em algum momento, alguma alteração nos passos puder gerar algum dano físico ou à saúde.

Agora você sabe o que é um texto injuntivo. Navegue pelo blog do Hexag Medicina para conferir mais conteúdos informativos e dicas!

Retornar ao Blog