31/03/2021 Português

O que são verbos irregulares?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
O que são verbos irregulares?

Você sabe o que são verbos irregulares? Esse é um conceito de gramática da língua portuguesa que merece uma atenção especial. Diferentemente dos verbos regulares, os irregulares possuem uma conjugação distinta daquela considerada padrão. Trata-se de uma mudança que pode acontecer tanto no radical da palavra quanto na sua flexão.

Entenda o que são verbos irregulares

Os chamados verbos irregulares possuem algumas conjugações diferentes da forma entendida como padrão (verbos regulares).  Eles sofrem alterações no seu radical ou em suas terminações no decorrer da sua conjugação.

Um bom exemplo para compreender esse conceito é o verbo “caber” que possui algumas conjugações dentro do padrão regular e outras fora desse padrão.

As conjugações no padrão regular são:

  • Nós cabemos no elevador.
  • As joias caberão no cofre.

As conjugações que seguem o padrão irregular:

  • Eu não caibo em mim de felicidade.
  • As canetas não couberam no estojo.

Devido a essas alterações na conjugação, esse verbo é irregular. Para saber que um verbo é irregular você deve observar se a conjugação implica em alguma alteração no radical da palavra ou na sua flexão.

A conjugação dos verbos irregulares

Mesmo que seja possível identificar algum padrão na conjugação desses verbos, eles ainda contam com diferença em algumas formas conjugadas. Por esse motivo, eles não são classificados como regulares. Para que o verbo seja considerado irregular, basta que ele apresente alguma diferença no radical da palavra ou flexão em alguma das suas conjugações.

A seguir vamos explicar melhor como isso acontece em verbos de 1ª conjugação (terminados em ar), de 2ª conjugação (terminados em er) e 3ª conjugação (terminados em ir).

Verbos terminados em ar (1ª conjugação)

O verbo “averiguar” é um exemplo de verbo irregular terminado em ar. Algumas flexões deles não seguem o padrão dos verbos regulares.

Conjugação de averiguar no presente

  • Eu averiguo
  • Tu averiguas
  • Ele/ela averigua
  • Nós averiguamos
  • Vós averiguais
  • Eles/elas averiguam

Conjugação de averiguar no pretérito perfeito

  • Eu averiguei
  • Tu averiguaste
  • Ele/ela averiguou
  • Nós averiguamos
  • Vós averiguastes
  • Eles/elas averiguaram

Conjugação de averiguar no pretérito imperfeito

  • Eu averiguava
  • Tu averiguavas
  • Ele/ela averiguava
  • Nós averiguávamos
  • Vós averiguáveis
  • Eles/elas averiguavam

Conjugação de averiguar no pretérito mais-que-perfeito

  • Eu averiguara
  • Tu averiguaras
  • Ele/ela averiguara
  • Nós averiguáramos
  • Vós averiguáreis
  • Eles/elas averiguaram

Conjugação de averiguar no futuro do presente

  • Eu averiguarei
  • Tu averiguarás
  • Ele/ela averiguará
  • Nós averiguaremos
  • Vós averiguareis
  • Eles/elas averiguarão

Conjugação de averiguar no futuro do pretérito

  • Eu averiguaria
  • Tu averiguarias
  • Ele/ela averiguaria
  • Nós averiguaríamos
  • Vós averiguaríeis
  • Eles/elas averiguariam

Verbos terminados em er (2ª conjugação)

Um bom exemplo de verbo irregular terminado em er é o verbo “haver”. Observe como o radical é modificado em algumas conjugações.

Conjugação de haver no presente

  • Eu hei
  • Tu hás
  • Ele/ela há
  • Nós havemos
  • Vós haveis
  • Eles/elas hão

Conjugação de haver no pretérito perfeito

  • Eu houve
  • Tu houveste
  • Ele/ela houve
  • Nós houvemos
  • Vós houvestes
  • Eles/elas houveram

Conjugação de haver no pretérito imperfeito

  • Eu havia
  • Tu havias
  • Ele/ela havia
  • Nós havíamos
  • Vós havíeis
  • Eles/elas haviam

Conjugação de haver no pretérito mais-que-perfeito

  • Eu houvera
  • Tu houveras
  • Ele/ela houvera
  • Nós houvéramos
  • Vós houvéreis
  • Eles/elas houveram

Conjugação de haver no futuro do presente

  • Eu haverei
  • Tu haverás
  • Ele/ela haverá
  • Nós haveremos
  • Vós havereis
  • Eles/elas haverão

Conjugação de haver no futuro do pretérito

  • Eu haveria
  • Tu haverias
  • Ele/ela haveria
  • Nós haveríamos
  • Vós haveríeis
  • Eles/elas haveriam

Verbos terminados em ir (3ª conjugação)

O exemplo que daremos a seguir é o do verbo “medir”, que se destaca por apresentar grande parte de suas conjugações dentro de um padrão como os verbos regulares.

Conjugação de medir no presente

  • Eu meço
  • Tu medes
  • Ele/ela mede
  • Nós medimos
  • Vós medis
  • Eles/elas medem

Conjugação de medir no pretérito perfeito 

  • Eu medi
  • Tu mediste
  • Ele/ela mediu
  • Nós medimos
  • Vós medistes
  • Eles/elas mediram

Conjugação de medir no pretérito imperfeito

  • Eu media
  • Tu medias
  • Ele/ela media
  • Nós medimos
  • Vós medíeis
  • Eles/elas mediam

Conjugação de medir no pretérito mais-que-perfeito

  • Eu medira
  • Tu mediras
  • Ele/ela medira
  • Nós medíramos
  • Vós medíreis
  • Eles/elas mediram

Conjugação de medir no futuro do presente 

  • Eu medirei
  • Tu medirás
  • Ele/ela medirá
  • Nós mediremos
  • Vós medireis
  • Eles/elas medirão

Conjugação de medir no futuro do pretérito

  • Eu mediria
  • Tu medirias
  • Ele/ela mediria
  • Nós mediríamos
  • Vós mediríeis
  • Eles/elas mediriam

Verbos regulares x verbos irregulares: quais são as diferenças?

A diferença entre os verbos regulares e os verbos irregulares está no fato de que os primeiros apresentam o mesmo padrão em suas conjugações. Não há nenhuma mudança ou adaptação nos radicais e as terminações se dão dentro de uma estrutura regular.

Por sua vez, os verbos irregulares nem sempre conservam o mesmo radical. As terminações podem não seguir a estrutura padrão de acordo com o que vimos nos exemplos apresentados acima.

Agora você já sabe o que são verbos irregulares e qual a diferença entre eles e os verbos regulares. Para mais dicas de língua portuguesa para se sair bem no Enem e no vestibular, fique ligado no blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog