29/11/2021 Química

Na química, o que significa substância pura? E como identificá-la?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
Na química, o que significa substância pura? E como identificá-la?

O conceito de substância pura na química é bastante relevante e, por isso, o apresentaremos em detalhes neste artigo. Entenda qual é a definição e as propriedades desse tipo de substância. Vamos começar?

O que é substância pura?

Na química, substância pura é qualquer uma constituída por somente um tipo de molécula, cuja composição química é homogênea e invariável. As propriedades físicas e químicas dessa substância são constantes.

É possível que a substância pura exista em mais de uma fase, no entanto, nesses casos as fases terão a mesma composição. Abaixo listamos as principais características que elas possuem:

– Moléculas e conjuntos iônicos (unidades estruturais) iguais, quimicamente, entre si.

– Possui composição fixa da qual surgem suas propriedades fixas, como: ponto de fusão, ponto de ebulição, densidade, entre outros. 

– Substâncias puras mantêm inalterada a sua temperatura, do começo ao fim de todas as mudanças de estado físico (ebulição, fusão, solidificação entre outras). 

A água é um excelente exemplo, pois a temperatura em que o gelo derrete é sempre 0°C. Quando chega à temperatura de 100°C, ela muda novamente de estado físico, deixando a forma líquida para se tornar vapor (ebulição), outro processo que acontece sem a mudança de temperatura

Tipos de substâncias puras

Basicamente as substâncias puras podem ser divididas em duas categorias: simples e compostas. A seguir iremos explicar cada uma dessas categorias com mais detalhes. 

Substância pura simples

A substância pura simples é aquela formada por somente um tipo de elemento. Alguns exemplos de substâncias puras simples são: N2 (gás nitrogênio); O2 (gás oxigênio) e H2 (gás hidrogênio). 

Substância pura composta

As substâncias puras classificadas como compostas são formadas por mais de um tipo de elemento, alguns exemplos são: NaCl (cloreto de sódio), H2O (água) e CO2 (dióxido de carbono). 

Em resumo…

Para identificar uma substância pura é necessário observar se são constituídas por apenas um tipo de constituinte e se tem pontos de fusão e ebulição constantes em determinadas condições de pressão. Também devem ter densidade definida em determinadas condições de temperatura e pressão.

Viu, como é simples identificar uma substância pura? 

O que são misturas?

Ao falar a respeito de substância pura, é importante mencionar o conceito de mistura. A mistura consiste na junção de duas ou mais substâncias — que podem ser simples ou compostas — sem que haja transformação química desses compostos.

As misturas têm propriedades físicas, como densidade e temperatura de fusão e ebulição, diferentes das propriedades das substâncias puras que participam desse sistema. 

O aspecto físico das misturas é um dos elementos de maior diferenciação, assim como as temperaturas de fusão e ebulição (podem ser fixas ou variar). No tocante ao aspecto visual, podem ser classificadas de acordo com as fases que apresentam. As misturas podem ser homogêneas ou heterogêneas. 

Mistura homogênea

Caracteriza-se por se apresentar somente em uma fase, os componentes não podem ser distinguidos entre si. Um exemplo de mistura homogênea é um copo de água em que foi adicionado sal. Como o sal é dissolvido, não conseguimos identificar visualmente os dois elementos em separado. 

Mistura heterogênea

Esse tipo de mistura se caracteriza por ter mais de uma fase, ou seja, conseguimos enxergar a olho nu os elementos que compõem a mistura. Um exemplo é um copo de água a que foi adicionado areia e óleo. Nesse caso, teremos uma mistura de três fases e veremos cada uma das camadas de elementos claramente. 

Uma curiosidade interessante é que o leite e o sangue podem ser confundidos com misturas homogêneas, pois temos a impressão de que são formados por somente uma fase. Contudo, quando analisamos mais detalhadamente, é possível enxergar as suas diferentes fases. 

Atenção: não confunda misturas com substâncias puras! 

Devemos nos atentar para situações em que estamos diante de uma mistura que, visualmente, parece uma substância simples, mas não é. Um bom exemplo é o sangue, que aparentemente é uma substância simples, no entanto, é uma mistura por conter componentes variados, como água, plasma, hemácias, entre outros. 

Outro ótimo exemplo é a água do mar ,que consiste em uma mistura de água e sais dissolvidos. Também podemos citar a madeira, o leite, a maionese, entre vários outros. Tenha atenção para não se confundir.

Ar: exemplo de mistura

Falando em mistura, é interessante mencionar que o ar que respiramos é um ótimo exemplo de mistura que parece ser uma substância simples. Ele é formado por 78% de gás nitrogênio (N2); 21% de gás argônio (Ar) e 0,03% de gás carbônico (CO2). 

O restante da composição do ar é constituído de partículas sólidas dissipadas e impurezas. A química nos faz revelações bastante curiosas e interessantes sobre o mundo à nossa volta, não é mesmo? 

Agora você já sabe o que significa substância pura e como identificá-la! Navegue pelo blog do Hexag Medicina para conferir mais conteúdos de química e dicas para o Enem e o vestibular!

Retornar ao Blog