Início / Blog / Redação / Como começar uma redação?

Como começar uma redação?

Responsive Image

Uma das partes mais importantes do Enem e do vestibular é a redação. Ela conta muitos pontos para a nota final e precisa ser treinada diversas vezes para não chegar na hora da prova e bater a dúvida: como começar uma redação?
 
Esse tipo de pergunta é muito comum, porque iniciar um texto não é realmente uma tarefa tão fácil. Na hora dá aquele branco! Mas existem algumas técnicas que podem ajudar você a ter sucesso nesse desafio. Confira neste artigo dicas simples e práticas para começar bem a sua redação!
 

Examine com atenção o tema proposto 

 
Por conta da ansiedade e da pressa em finalizar a prova a tempo, esse detalhe acaba passando despercebido por alguns vestibulandos e pode prejudicar muito o seu entendimento do tema. 
 
Por isso, não esqueça! Leia a proposta com calma e atenção, mais de uma vez se necessário. Reflita sobre o que você pode falar, defender e propor para resolver o problema que está sendo discutido. Lembre-se de materiais que leu a respeito e de referências sobre o tema.
 

Coloque suas ideias em um rascunho

 
Agora que você já reuniu mentalmente um material de estudo interessante, é hora de colocar as ideias em um rascunho. Pense em perguntas que podem ajudar você neste processo, como: por que esse tema é importante? Como as pessoas, em geral, enxergam essa questão? Quais seriam as soluções? Por que você defende esse ponto de vista?
 
Esse exercício pode ajudar a trazer mais inspiração, conteúdo e criatividade para a sua redação. Depois de reunir muitas ideias, releia cada uma delas e deixe só o que realmente vale a pena acrescentar. Em seguida, separe o que faz mais sentido falar na introdução, no desenvolvimento e na conclusão. 
 

Tudo começa com a introdução 

 
Já que estamos falando sobre como começar uma redação, vamos à introdução, ou o primeiro parágrafo. É nele que você contextualiza o tema que será abordado, dá uma breve apresentação das suas ideias e do seu ponto de vista. 
 
Você faz tudo isso de uma forma simples e objetiva, não precisa explicar muito, porque você ainda vai desenvolver essas ideias ao longo do conteúdo. Também não precisa ser um texto muito grande. Geralmente, o parágrafo de introdução tem entre 4 e 6 linhas.  
 
Tome cuidado com repetições e evite palavras difíceis. Com simplicidade é possível criar um texto interessante e encantar o seu leitor para que ele sinta o desejo de continuar a leitura, e esse é um dos principais objetivos da introdução
 
escrevendo no papel em branco
 

Mostre seu ponto de vista

 
Logo de cara é importante que o leitor entenda o seu ponto de vista em relação ao tema discutido. Isso ajuda a preparar o caminho para as argumentações que virão a seguir. Escolha bem as ideias que você apresentará neste momento, pois elas darão a base para o conteúdo que será desenvolvido nos próximos parágrafos.
 
Lembre-se: geralmente há um limite de linhas a ser respeitado. Tome cuidado para não apresentar ideias demais, que não poderão ser discutidas depois por conta do espaço permitido.
 

Acrescente dados relevantes

 
Uma maneira de contextualizar o leitor e provar o seu argumento é por meio de dados estatísticos. Essas provas dão mais força às suas palavras porque estão embasadas em informações reais. Mas é muito importante que sejam sempre dados verdadeiros e de uma fonte confiável para dar credibilidade ao seu texto. Senão, o efeito será contrário. 
 

Nada de gírias, abreviações e clichês

 
Tome cuidado com a linguagem usada na sua redação. O jeito que falamos com nossos amigos no WhatsApp, com gírias e abreviações, por exemplo, não é adequado para esse tipo de texto, pode empobrecer a sua redação e ser mal visto pelos professores que fazem a correção.
 
Não é legal usar clichês e nem ditados populares, pois pode parecer que falta criatividade. Também não é boa ideia usar palavras difíceis com as quais você não está acostumado. Já pensou se você se atrapalha e escreve uma coisa que tem um significado diferente do que imaginava? Isso poderia causar um problema na sua argumentação e, consequentemente, na sua nota.
 

Cuidado com palavras generalistas 

 
É preciso ter cuidado ao usar palavras como “nunca”, “sempre”, “ninguém” e “todos”, pois na maioria das vezes existem exceções ou outro ponto de vista. Se você colocar esse tipo de argumentação, pode acabar perdendo pontos por ser apelativo ou até mesmo por apresentar uma informação errada.
 

Revise seu texto

 
Para ter certeza de que você não escreveu algo errado ou incoerente é muito importante reler o texto e fazer uma verdadeira revisão da ortografia, da gramática e das suas argumentações, ver se tudo que está ali faz sentido. 
 
Viu quantas dicas podem ajudar você a começar uma redação? Agora é só treinar para estar craque na hora da prova!
 

O que diferencia o Hexag de outros cursos?

 

Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores e não refletem necessariamente a opinião do Hexag.

Compartilhe

Sobre o autor

user

Comentários

Responsive Image

Bitnami