Início / Videoaulas / Aulas de Biologia / Videoaula – Grupos Vegetais

Videoaula – Grupos Vegetais

Prof. Kim

Compartilhe

Nesta videoaula, o professor Kim monta um cladograma dos grupos vegetais e mostra como aconteceu a conquista do ambiente terrestre por esses grupos.

Briófitas

O primeiro grupo representa as briófitas (musgos), o segundo grupo representa as pteridófitas (samambaias e avencas), o terceiro grupo representa as gimnospermas (pinheiros) e o quarto grupo representa as angiospermas (possuem flores e frutos).

Como a briófita foi a primeira a conquistar o ambiente terrestre, ela possui elementos que a prendem ao ambiente aquático e elementos que são necessários para a conquista do ambiente terrestre. A sua principal característica, que é exclusiva, é a presença do gametófito dominante. Além disso, é muito pequena porque não possui vaso condutor, ou seja, os nutrientes passam por difusão, célula a célula.

Pteridófitas

A partir do segundo grupo – pteridófitas – todas elas possuem vasos condutores, importante para o ganho de tamanho dessas plantas. Uma característica exclusiva do grupo das pteridófitas são os soros, que são o conjunto de esporângios – local de produção de esporos.

Gimnospermas

A partir do terceiro grupo – gimnospermas – surge a semente para proteger e nutrir o embrião e surge também o tubo polínico, fundamental para independência da água para fecundação. Uma característica das gimnospermas é a presença de estróbilos, que são estruturas reprodutoras masculinas e femininas encontradas nos pinheiros (Mata de Araucária), muito importante para a fecundação. O termo gimnosperma significa semente nua, ou seja, nesse grupo temos a semente mas sem proteção.

Angiospermas

O grupo mais recente é o das angiospermas, no qual ocorre a conquista total do ambiente terrestre, destacando-se a presença de flores e frutos. As flores tem a função de atrair o agente polinizador e o fruto de proteger a semente. Em relação à fecundação, as angiospermas são as únicas que possuem uma dupla fecundação. Nelas, o endosperma que era haploide nas gimnospermas, passa a ser triploide.

Diferença entre Gimnosperma e Angiosperma

Nesta aula, o professor Kim também mostra a diferença entre a semente de uma gimnosperma e de uma angiosperma.  Na gimnosperma temos a semente nua, o embrião diploide e o endosperma haploide, ao passo que na angiosperma a semente está protegida pelo fruto, com um embrião também diploide e um endosperma triploide, que vem da dupla fecundação. O fruto nada mais é do que um ovário desenvolvido e não deve ser confundido com o pseudofruto, que pode ser qualquer outra estrutura dessa planta que se desenvolva – receptáculo floral ou pedúnculo floral.

Novas Videoaulas Todos os Dias

Gostou dessa videoaula? Então, clique no botão abaixo e inscreva-se em nosso canal para acompanhar as novidades!

  • Videoaula – Estudos de Geoestratégia(Prof. Angélica)

  • Videoaula – Artrópodes(Prof. Kim)


Bitnami