Início / Videoaulas / Aulas de Língua Portuguesa / Aula em vídeo – Modo Imperativo

Aula em vídeo – Modo Imperativo

Prof. Murilo

Compartilhe

Modo Imperativo: uma forma atemporal

O Modo Imperativo é habitualmente conhecido por expressar uma ordem, porém há outras relações semânticas envolvidas: também pode expressar pedido, conselho ou sugestão. O Modo Imperativo também é conhecido como uma forma atemporal. Isso significa que ele não é pautado por estruturas semânticas de tempo. Quando se dá uma ordem, um conselho ou sugestão para alguém, não se pode ter certeza do cumprimento/aceitação desses eventos em alguma instância temporal. Por esse motivo o Imperativo não trabalha com Tempos, mas com outras instâncias de sentido, que são o Imperativo Afirmativo (ideia de se “fazer” um evento) e Imperativo Negativo (ideia de “não se fazer” um evento).

Modo Imperativo Afirmativo e Negativo 

Para se construir a conjugação dessas formas de Imperativo precisamos seguir algumas estruturas. O Imperativo Negativo é mais simples: forma-se a partir das conjugações do Presente do Subjuntivo, adicionadas de um “não” (p.ex. [ainda que] nós “façamos” é a forma do Presente do Subjuntivo. A forma do Imperativo Negativo será Não “façamos” nós). Já o Imperativo Afirmativo exige mais cuidado: deve-se formá-lo, também, a partir do Presente do Subjuntivo, com exceção da 2ª pessoa do plural e 2ª pessoa do plural, que devem ser formadas a partir do Presente do Indicativo, perdendo, em seguida, a letra “S” que acompanha essas conjugações (p.ex. tu “compras é a forma de Presente do Subjuntivo. A forma do Imperativo Afirmativo será “Compra” tu; o verbo perde a letras “S”).

Aprenda modo imperativo com uma tabela

Para que essas configurações fiquem mais seguras, habitualmente, são distribuídas em uma tabela, como a mostrada no vídeo, que permite uma melhor visualização dos movimentos. Aprendendo a manipular essa tabela, é possível usá-la inteira ou em partes, de acordo com as necessidades que as questões fixarem. É um tópico do português que exige certo “treino” e, evidentemente, conhecimento na conjugação dos tempos Presentes, tanto do Indicativo, quanto do Subjuntivo.

Novas Videoaulas Todos os Dias

Gostou dessa videoaula? Então, clique no botão abaixo e inscreva-se em nosso canal para acompanhar as novidades!

  • Proclamação da República(Prof. Rozante)

  • Dicas Enem 2015 – História do Brasil(Prof. Rozante)


Bitnami