20/04/2021 Geografia

O que são combustíveis fósseis – Qual o impacto deles no meio ambiente e na economia?

Escrito por Hexag Educação @hexagmedicina
O que são combustíveis fósseis – Qual o impacto deles no meio ambiente e na economia?

Entender o que são combustíveis fósseis é fundamental para compreender o impacto que eles causam no meio ambiente e como se relacionam com a economia. Para se ter uma ideia, atualmente, em torno de 75% da demanda mundial de energia é suprida pelos combustíveis fósseis. Vamos entender um pouco melhor esse tema?

Entenda o que são combustíveis fósseis

Os combustíveis fósseis são originados do processo de decomposição de organismos vegetais e animais que passaram milhares de anos em camadas profundas no fundo dos oceanos ou do solo. Destacam-se como principais combustíveis fósseis o gás natural, carvão e petróleo. A utilização desse tipo de combustível teve início em meados do século XVIII, com o advento da Revolução Industrial.

Carvão mineral

O carvão mineral foi o primeiro combustível fóssil a adquirir relevância, sendo também conhecido como carvão natural. Esse combustível foi, por algum tempo, a fonte de energia mais importante do mundo. Nesse período, o calor gerado pela sua queima era empregado como energia para movimentar máquinas, navios e locomotivas.

O carvão mineral resulta da fossilização da madeira que, com o passar do tempo, perde água, metano e dióxido de carbono. Isso gera uma mistura de substâncias com abundância de carbono. Não demorou para que os inconvenientes do carvão mineral fossem detectados, o seu transporte trazia grandes dificuldades, deixando resíduos de cinzas.

Além disso, o carvão mineral é altamente poluente, uma vez que possui diversas impurezas, incluindo o enxofre. A queima do carvão acarreta o surgimento dos produtos convencionais de uma combustão, além de inúmeros óxidos de enxofre que, ao reagir com a água, dão origem à chuva ácida. Atualmente, o Brasil tem 6% de sua oferta primária de energia composta por carvão.

Petróleo

Atualmente, o combustível fóssil mais relevante do ponto de vista comercial é o petróleo. Uma vez nas refinarias, é submetido a um processo por meio do qual se obtém os seus derivados, como a gasolina (o mais importante economicamente falando), o querosene, o óleo diesel e o GLP (Gás Liquefeito de Petróleo).

Os derivados do petróleo são utilizados como matéria-prima na produção de plásticos e borrachas. No Brasil, atualmente, o petróleo e seus derivados correspondem a 37% da oferta primária de energia.

Gás natural

O gás natural é um dos derivados do petróleo e pode ser encontrado em jazidas, normalmente associadas ao último. Esse gás é constituído quase que totalmente de metano (CH4), sendo usado especialmente para a geração de calor e energia em indústrias e automóveis. É interessante fazer o adendo de que o gás natural é menos poluente do que o óleo combustível.

O uso de gás natural vem crescendo significativamente nos últimos anos, correspondendo a cerca de 9% da oferta de energia primária em nosso país. O ponto de desvantagem desse produto está no seu transporte e estocagem. Por ser um gás, demanda cilindros e vasos industriais, assim como gasodutos de grande porte que geram impactos ao meio ambiente.

Combustíveis fósseis: qual é o seu impacto para o meio ambiente?

Os combustíveis fósseis se caracterizam por serem formados por compostos orgânicos que, ao serem queimados, liberam água e gás carbônico, caso a combustão seja completa. Trata-se de um sério problema, uma vez que, desde o século XIX, há uma grande concentração de gás carbônico na atmosfera, potencializando o efeito estufa.

Por outro lado, a combustão incompleta de combustíveis fósseis leva à liberação de monóxido de carbono, que é um gás bastante venenoso que não deve ser lançado na atmosfera. Os derivados do petróleo também têm impurezas liberadas em decorrência de sua queima, assim como o carvão. Logo, também poluem a atmosfera.

Combustíveis fósseis: qual o impacto deles na economia?

Além de terem elevado potencial poluente, os combustíveis fósseis se caracterizam por não serem renováveis. Isso quer dizer que esses combustíveis irão acabar em algum momento, sendo necessário buscar por alternativas, ou seja, fontes de energia limpas e renováveis. Porém, o que se observa é que no século XXI ainda haverá uma grande participação dos combustíveis fósseis no total de energia consumida no planeta.

Hoje em dia, já se tem a consciência da importância de buscar por alternativas de substituição dos combustíveis fósseis. No entanto, há ainda algumas barreiras para a implementação de políticas e projetos com esse foco, devido à importância econômica que tais fontes energéticas possuem. O uso de novas fontes energéticas contribui para descentralizar essa atividade econômica e reduz as emissões poluentes.

Contudo, pelo fato de o petróleo ainda ser uma das bases de poder econômico mundial, há uma longa caminhada para conseguir a sua substituição. Acredita-se que quanto mais próximo da escassez dessa fonte energética estivermos, mais serão consideradas alternativas.

Os combustíveis fósseis têm grande impacto ambiental e econômico, sendo importante rever seu status nas próximas décadas.

Para conferir mais conteúdos informativos e dicas para ter um bom desempenho no Enem e no vestibular, fique ligado no blog do Hexag Medicina!

Retornar ao Blog